Conselho Protetores articulares e musculares

Os protetores articulações e musculares permitem que você cuide de suas articulações e músculos. Como escolhê-los? Como colocá-los? Encontre aqui nossa seleção de conselhos sobre os protetores.

16 conselhos
Pages

A fratura do tendão de Aquiles pode acontecer em qualquer idade durante a prática de qualquer esporte. As atividades mais relevantes são aquelas onde o impulso é mais exigido causando uma tensão brusca e fatal sobre o tendão.

Tendinite de Aquiles é uma inflamação do tendão que agrupa todas as dores do tendão de Aquiles. Ela afeta todos os atletas, mas, principalmente, os adeptos da corrida a pé e do jogging, estando muitas vezes ligada ao treinamento muito intensivo e é agravada pelas micro lesões causadas pelo par sapatos-solo.

(1)

Muito solicitado em certos esportes (corrida a pé, caminhada, atividade que necessita de impulsão), o arco plantar pode, às vezes, ser vítima de lesões.

(1)

A panturrilha é a parte localizada entre o tendão de Aquiles e a parte de trás do joelho. Ela é formada pelo músculo tríceps sural e os músculos fibular laterais que dão este volume. Muito solicitada durante a prática do esporte, é importante cuidar destes músculos da panturrilha.

(5)
Genouillère

O joelho é uma articulação complexa que suporta o peso do corpo. Os ossos, os ligamentos, os tendões e as cartilagens que o compõe, produzem, juntos, o movimento flexível, guardando a coesão da articulação. É importante cuidar do seu joelho, que é muito solicitado durante suas atividades esportivas.

(25)

O ombro é a articulação mais móvel no corpo, ele possui vários ligamentos, tendões e músculos que ligam o tronco ao braço. Articulação muito solicitada todos os dias e durante a prática esportiva, o ombro pode ser submetido a várias lesões, tendo por riscos frequentes: dores ósseas, musculares ou tendinosas. Para reduzir esses riscos, é importante cuidar da sua articulação.

(5)

A coxa é a parte do membro inferior situada na parte superior da perna entre o quadril e o joelho. Ela possui um osso central chamado fêmur e uma dezena de músculos. Durante sua prática esportiva, diversas complicações musculares podem ocorrer na coxa, é por isso devemos cuidar desta região.

(6)
Maintien poignet

O pulso é a articulação que permite o movimento da mão com relação ao antebraço. É constituída por dois ossos do antebraço, que estão ligados à parte superior do carpo, que é o conjunto de 8 ossos que constitui a base da mão. Sendo um conjunto complexo que pode ser facilmente prejudicado por um impacto direto, é importante cuidar de seu pulso

(5)

O polegar é o primeiro dedo da mão. É o mais grosso e o mais curto. Ele é composto de duas falanges articuladas fazendo a articulação interfalangiana. Sua articulação é oposta à dos outros dedos o que lhe dá um papel fundamental na apreensão de um objeto como a bola no caso do voleibol, do handebol ou do rugby, por exemplo. Por ser muito solicitado nestas práticas esportivas, é importante cuidar de seu polegar.

(5)

O cotovelo é a articulação que liga o braço e o antebraço, unificando os três ossos entre si: o rádio, a ulna (cúbito) e o úmero. Assim, encontramos a junção das três articulações e não apenas uma. É por isso que é importante cuidar desta parte do seu corpo durante as atividades esportivas.

(6)
Chevillere

O tornozelo, também chamado de pescoço do pé, é a articulação que une a perna ao pé. Ela nos permite para realizar movimentos de flexão, extensão e de leves movimentos laterais. É uma frágil articulação muito solicitada diariamente e durante a prática do esporte. É importante tomar cuidado pois o tornozelo suporta o peso do corpo.

(13)
VOLTAR PARA O TOPO